top of page

NONO DIA - PADRE PIO SANTO

Em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo. Amém.

Um pouco de história

A elevação de Padre Pio aos altares foi o resultado de uma vida cheia de sofrimentos. Poucos santos sofreram tanto quanto ele; aliás, era a graça que sempre pedia a Deus: de sofrer em união com seu Filho para a salvação de todas as pessoas. Efetivamente, ele passou por muitas aflições físicas e morais: uma doença misteriosa que não o deixava em paz, os estigmas, tentações diabólicas, incompreensões de algumas pessoas e até limitações no exercício de seu ministério por parte de autoridades eclesiásticas que duvidam de sua sinceridade. Padre Pio suportou tudo com paciência e entrega total nas mãos de Deus.

No dia 23 de setembro de 1968, com 81 anos, invocando os nomes de Jesus e Maria e com enorme evidência de santidade, Padre Pio faleceu.

Em 1999, após 31 anos de sua morte, João Paulo II o proclamou bem-aventurado. E o mesmo Papa, que foi testemunha direta de um milagre operado por Padre Pio em favor de uma professora polonesa, Wanda Poltawska, o canonizou no dia 16 de junho de 2002, diante de uma multidão jamais vista de fiéis que lotavam a praça de São Pedro, em Roma. A Igreja ganhava um grande intercessor: São Pio de Pietrelcina.


Reflexões de Padre Pio

"Sejamos humildes e cheios de confiança. Jesus disse que encontrava sua alegria entre os filhos dos homens e humilhou-se ao chamar a si mesmo de Filho do Homem. Tenhamos confiança nele, que nos ama e diz: “Vinde a mim”. Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida. Se contemplarmos esta luz, encontraremos e conservaremos a vida. O que é esta vida? Uma peregrinação: estamos todos no trem..."


João Paulo II fala de Padre Pio

"Obtém-nos, Padre Pio, um olhar de fé capaz de reconhecer imediatamente nos pobres e nos que sofrem o próprio rosto de Jesus. Transmite-nos a tua terna devoção a Maria, mãe de Jesus e nossa mãe. Acompanha-nos na peregrinação terrena rumo à Pátria bem-aventurada, onde também nós esperamos chegar para contemplar eternamente a glória do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!".


Oração

Senhor Jesus, cheio de misericórdia e bondade, que amais a todos e entregastes vossa vida para a salvação da humanidade, concedei-me, por intercessão de Padre Pio, a graça de amar cada dia mais a vós e aos meus irmãos, especialmente os mais necessitados. Concedei-me ainda, com benevolência, a graça de que mais preciso neste momento. Amém.


 
Canto de Entrada

Oh! Oh! Oh!

1. São Pio de Pietrelcina,

primeiro Sacerdote

a ter impresso em seu corpo

os estigmas da Crucifixão.


Grande homem,

Santo de Deus,

que dons e carismas recebeu.

Empenhou suas forças

para as almas salvar (Bis)


​2. Deus o escolheu

como grande confessor.

E assim poder derramar

sua imensa misericórdia.


3. São Pio de Pietrelcina,

pobre frade que rezava.

E Deus marcou seu corpo

que tinha perfume de rosas.


ORAÇÃO A SÃO PIO

Ó São Pio de Pietrelcina, venero tua vida de santidade, de íntima união com Deus e de sincero amor ao próximo. Viveste tão unido a Jesus, e foste tão sensível ao sofrimento dos mais humildes, a ponto de ter em teu corpo chagas semelhantes àquelas que Nosso Senhor teve em seu corpo por amor a nós. Ó Padre Pio, sei com que grande zelo ouvias todos aqueles que estavam aflitos e buscavam o perdão de Deus e a orientação para suas vidas, por isso, nesse momento especial de minha vida, peço tua intercessão, para que apresentes a Jesus o meu pedido (...). Mas, que antes, se faça a vontade de Deus e não a minha. Amém.

(Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória).


HINO A SÃO PIO

(inspirado na “Memória” de São Pio)


1. ​Humilde Padre Pio,

com Cristo cravado na cruz.

Um frei que ora e ama

com as chagas de Jesus.

São teus prediletos

os irmãos enfermos,

tu os buscas e lhes dás

alívio aos sofrimentos.


Padre Pio, hoje te honramos.

Damos nossa devoção.

Te pedimos, revelai-nos

os segredos da Paixão.

Te rogamos, ajudai-nos

a levar serenamente,

com alegria e esperança,

a cruz do Onipotente!


2. ​A oração é a chave

que abre o coração do Senhor.

Com ela nos mostraste

as chamas do Divino Amor.

Sendo sacerdote

mui devoto a Maria,

te abrasaste nos doando

o perdão e a Eucaristia.


Comentários


bottom of page